contato@comunicaceduc.com.br | (19) 98178-1924
O medo dos números

Olá aprendizes, tudo bem?

Para a maioria dos meus alunos, aprender matemática é um grande tabu. As pessoas ficam mal somente em imaginar uma equação, o cálculo de uma área, ou por executar questões de raciocínio lógico as quais muitas vezes mais se parecem “ilógicas”.

Antes de mais nada, qual foi a última conta que você fez no papel? Vou pegar ainda mais pesado: sabe me dizer qual o resultado da divisão - 250 por 0,75 - sem consultar sua calculadora?

Nessa nova era digital, em que pensar tornou-se um hábito cada vez menos praticado e necessário, de forma alguma um caixa de qualquer estabelecimento perderia seu tempo fazendo contas um simples papel de rascunho ... admiro aqueles comerciantes antigos que ainda fazem isso ... embora não seja possível, nem recomendável nos momentos de pico.

Mas para você que deseja mergulhar em concursos públicos, já passou da hora de rever seus hábitos matemáticos. A matemática se resume as quatro operações. Se você as domina, o resto será bem mais fácil. No entanto, se fazer uma divisão, ou se a tabuada anda meio esquecida, já passou da hora de começar a reaprender.

O medo dos números surge justamente quando deixamos de trabalhar com eles. Eu mesmo já fui surpreendido com a promoção “01 por 03, ou 03 por 10”. Sendo sacanagem ou não do vendedor, muitas pessoas não pensam duas vezes em tirar os 10 reais da carteira. Lamentável.

Não sabemos mais o número do nosso celular, não lembramos número de documentos, datas de nascimento, aniversários, datas especiais ... não lembramos o último preço dos produtos que mais consumimos, não sabemos resolver problemas simples sem abrir a calculadora do celular.

A matemática está em tudo, menos nessa vida moderna que nos oferece a tentadora oportunidade de não raciocinar. Porém, um hábito pode ser o primeiro ato para um estudo de qualidade, ou ainda, o início dessa caminhada rumo a uma vaga em um grande concurso.

Comece a se desafiar mais. Fazer cálculos simples, regras de três, a prestar mais atenção nas informações. Escreva mais, anote mais, abuse da tecnologia sem ser engolido por ela.

E a matemática? Ah, a matemática...o “x” é o símbolo de tudo o que queremos descobrir e aquilo que não desejamos ver na correção de nossas respostas.

Comece o quanto antes. Afinal, quanto maior a velocidade, menor o tempo. Grandezas inversamente proporcionais almejadas por todos.

Saudações aritméticas.

Sobre o autor

Prof. Thiago Pinheiro

Thiago Pinheiro é Professor de Língua Portuguesa e Matemática, funcionário público, educador e fã assíduo das palavras bem escritas e interpretadas. Acredita que ensinar é a melhor maneira de aprender e criar novos caminhos para a realização dos sonhos. É um dos idealizadores do CEDUC, lugar em que o ensino é sinônimo de aprendizado.

Newsletter

Cadastre-se para receber uma mensagem sempre que novos conteúdos forem publicados